Acervo museológico

Acervo do Museu Regional disponível online

Com plataforma inovadora, a instituição disponibiliza na internet as fotos e detalhes de toda a coleção histórica dos séculos 18, 19 e 20.

publicado: 03/02/2020 16h46, última modificação: 10/02/2020 15h23

Com plataforma inovadora, a instituição disponibiliza na internet as fotos e detalhes de toda a coleção histórica dos séculos 18, 19 e 20.

O Museu Regional, a partir desta sexta-feira (07), disponibiliza gratuitamente todo o seu acervo museológico em uma plataforma online. O inventário com informações e fotos de quase 500 obras passa a ser acessível através da plataforma Tainacan, inserida no website da instituição.

Com dados completos sobre a coleção, as fichas catalográficas possuem informações detalhadas, como período, autoria, origem, matéria prima, informações de restauro, histórico e descrições – além de fotografias de variados ângulos, algumas em alta resolução.

Dentre as 30 unidades do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o Museu Regional é a 13ª a aderir ao projeto. Dessa forma, a unidade de São João del-Rei se adequa à Resolução Normativa nº 2, de 2014, que faz parte da Política Nacional de Museus.

Segundo o diretor substituto da instituição, Diego Felipe Garcia, este inventário online é apenas o primeiro passo do projeto. “Além do acervo museológico, a nossa intenção e disponibilizar também todo o acervo arquivístico, com documentos e fotografias da região. Além atualizar todas as fichas com fotos de alta qualidade.”

Acesse o acervo clicando aqui.

Tainacan

A plataforma Tainacan é uma ferramenta digital voltada ao registro e divulgação de coleções museológicas.

Desenvolvida pela Universidade Federal de Goiás (UFG), em parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), o projeto pretende atender as necessidades de inventário e catalogação de acervos, bem como sua divulgação na internet.

Além dos museus do Ibram, o Tainacan já digitalizou e disponibilizou diversos outros acervos. Ao todo, são mais de 30 coleções de museus universitários e instituições municipais, estaduais e federais – como as coleções da Fundação Nacional das Artes (FUNARTE) e do Museu da Fundação Nacional do Índio (FUNAI). Além de organizações privadas, nacionais e internacionais – como o San Diego State University, nos Estados Unidos.